Pin It

por Guilherme Cosenza

Com suas portas fechadas desde de maio de 2019, o Hotel Tropical acaba de ser rematado por R$ 260 milhões no leilão feito nesta terça-feira (11). O comprador, segundo o site acrítica.com, foi o empresário Otacílio Soares de Lima como o comprador do empreendimento.

Esse já é o segundo leilão para trazer um novo dono ao hotel. Em dezembro do ano passado o Tropical quase foi rematado por R$ 120 milhões. Porém, a empresa Nyata Serviços Financeiros Ltda não efetuou o referente a 5% do total do lance, perdendo o direito ao hotel e abrindo novamente o empreendimento para leilão. Localizado no bairro Ponta Negra, zona oeste de Manaus, o leilão aconteceu na cidade do Rio de Janeiro e contou com três lances: o primeiro da própria empresa Nyata no valor de R$ 135 milhões, o segundo da empresa Geretapaua Engenharia Ltda no valor de R$ 255 milhões e a última do grande vencedor no valor de R$ 260 milhões.

Agora o arrematador do hotel tem um prazo de 20 dias corridos (02/03) para poder honrar com o valor, além de pagar os custos cartoriais de 1% até o máximo permitido por lei. Dessa forma, com a aquisição, os valores das dívidas, que segundo o SindHotel-AM chega a aproximadamente R$ 30 milhões de custos trabalhistas de cerca de 350 ex-funcionários poderão enfim ser pagas. Segundo o presidente do sindicato, Gerson Almeida, desde 2011, a administração do hotel não depositava o FGTS dos funcionários.

O Hotel fazia parte da Massa Falida da Varig, e de acordo com Gerson, o comprador pretende colocar o hotel para funcionar novamente e poderá operar o hotel em 60 a 90 dias. Uma reunião foi marcada para semana que vem para definir os próximos passos do empreendimento.