Governo promove campanha para aumentar de doação de sangue

O governo federal homologou um conjunto de diretrizes do conselho nacional de educação que orienta as escolas da educação básica e instituições de ensino superior dos estados, município e distrito federal durante a pandemia de covid-19.

Chegou ao Brasil, na madrugada desta terça (2), o 14º voo fretado pelo ministério da infraestrutura, com 9,2 milhões de equipamentos de proteção individual adquiridos pelo governo federal, destinados ao enfrentamento de covid-19.

O ministério da saúde instituiu o programa conecte SUS que é a parte da estratégia da saúde estratégia da saúde digital definida pelo governo federal, a qual faz o uso de recursos de tecnologia de informação e comunicação para produzir e disponibilizar informações confiáveis na área de saúde.

A embrapa, pesca e agricultura em Palmas (TO) se unirá a outros centros de pesquisa do país, que colocarão a disposição do governo federal sua estrutura de equipamentos, produtos e pessoal para ajudar na realização de testes laboratoriais para a identificação da covid-19.

O auxílio emergencial de R$ 600 foi disponibilizado às mães com menos de 18 anos. A iniciativa está disponível na 16ª versão do aplicativo, o qual começou a ser liberado pela Caixa no último sábado (30). O cadastro pode ser realizado até 3 de junho.

Para enfrentar os efeitos sociais e econômicos da covid-19, o governo federal criou o programa emergencial de acesso a crédito para empresas de pequeno e médio porte. A medida se junta ao pronampe, programa voltado às microempresas, na proteção do emprego e renda dos trabalhadores.

O governo federal, por meio do ministério da saúde, reforça a campanha de doação de sangue em todo o território nacional, para evitar o desabastecimento dos estoques durante a pandemia de coronavírus.

O governo federal, por meio do ministério do meio ambiente, está investindo R$ 12 milhões para ajudar Rondônia a ser o primeiro estado do Amazônia 100% livre de lixões, no contexto do programa Lixão Zero.

O plano e contingencia para povos tradicionais prevê a doação de mais de 1,3 mil cestas de alimentos a comunidades indígenas no Rio Grande do Norte. No estado, ao todo, serão 29,7 toneladas de alimentos distribuídos a comunidades de nove municípios.

Até esta terça, foram repatriados 23,5 mil brasileiros vindos de 84 países.

Até esta segunda, mais de 211 mil brasileiros estão recuperados e mais de 285 mil estão em processo de recuperação do novo coronavírus, de acordo com informações divulgadas pela Casa Civil do governo federal. Estimativas sujeitas à revisão, informa.