Coluna Magnavita: TCM-RJ

O presidente do Tribunal, Luiz Guaraná, foi rápido. Implantou a transparência dos atos publicados. Nada mais é cifrado no DO.