Coluna Magnavita: Consultor da Refit critica Petrobras, ANP e CADE em entrevista

O "consultor" Benevides atira na ANP e CADE

O mercado petroleiro do Rio tomou um susto com a pomposa entrevista de Gustavo Oliveira de Sá Benevides, publicada na página 23 da edição de domingo de O Globo. O moço é apresentado como consultor da GSB Consulting. Na entrevista, ele alerta que a venda de ativos da Petrobras pode criar monopólios privados. Chega a ponto de puxar a orelha da Agência Nacional de Petróleo, a única que regula o setor. Puxa também a orelha do Cade. Ele esbraveja contra a possibilidade de venda de refinarias, alertando que pode criar monopólios regionais.

Quem é “consultor” entrevistado pelo Globo?

A equação Jornal importante + consultor internacional + saia justa na Petrobras não tem nada de bom samaritano. Sabem quem é o senhor Gustavo Benevides? Um jovem advogado, que vive em Miami grudado com o Ricardo Andrade Magro, o todo poderoso da Refinaria Manguinhos, rebatizada de Refit, o maior caloteiro de ICMS no Brasil. A manobra traz uma saia justa para a Petrobras e está na base de uma reportagem de página inteira com o subtítulo: “Venda de ativos não gerou concorrência no setor de combustível”

O homem da Magro Family Fundation

Gustavo Benevides é um jovem e guapo advogado, que iniciou a sua atividade na M.J. Alves e Burle Advocacy Brasil, quando foi colocado a serviço do então cliente Ricardo de Andrade Magro. Que fez dele um braço direito, dividindo até um blog de artigos assinados de forma conjunta. Foi inserido nos atos constitutivos como diretor da Magro Family Fundation, que administra o patrimônio pessoal nos Estados Unidos.

Nomeando diretor da ANP

Consultor de um único cliente, a Refit, Gustavo Benevides, entrevistado de O Globo, é realmente um prodígio. Seu pai, Solon Henriques de Sá Benevides, é sócio da S&W, Solon Benevides & Walter Agra, com sede em João Pessoa. Agra é um dos candidatos a uma vaga de diretor da ANP.