Coluna Magnavita: Pinga-Fogo - 25 de março de 2022

No dia 29, data do aniversário do Governador Cláudio Castro, uma reunião de secretariado apresentará os novos nomes da equipe. Será a despedida dos que saem e a formalização dos que chegam. Alguns nomes só serão decididos na manhã da própria terça. Haja suspense e isordil para alguns!

A festa de 43 anos do Governador Cláudio Castro será à noite, no Rock Bar, no Jóquei. Evento para 2 mil pessoas e para lotar o estacionamento. Vamos ter revoada de prefeitos e de personalidades nacionais.

Só pode ser provocação. A mesma data, 29 de março, foi escolhida para o lançamento da pré-candidatura de Rodrigo Neves ao Governo do Estado. A data é de Castro há quatro décadas. Vai ter gente rebolando para estar em Niterói e na Gávea ao mesmo tempo.

Agenda comum une o Legislativo Fluminense e o Poder Executivo nesta segunda, 28. O lançamento do Fundo Soberano celebra a harmonia da Alerj com o Governo do Estado. Este entendimento de André Ceciliano e Cláudio Castro tem sido muito promissor.

O vereador Alexandre Isquerdo jura, com mão esquerda no coração, que não foi ele que atropelou a visita do governador à Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. O Governador foi a Magé para ver os estragos da chuvas e a agenda foi mantida pelo secretário da Casa Civil, Nicola Miccione, no templo na Barra.

Assustador o gasto médio de combustível da Polícia Militar do Rio. A média, mesmo com as viaturas novas, é de 4 quilômetros por litro. O Rio é o único estado onde as viaturas permanecem ligadas, mesmo paradas. Os dados são de um especialista de controle de frotas.

Apesar da Secretaria da Fazenda ter constatado, o processo que pode colocar um fim na utilização da Paranapanema, acusada de estar ligada à Canabrava, está parado na mesa de um agente fiscal, que não da andamento ao processo. As acusações são citadas na operação do Ministério Público, de dezembro de 2021.