Coluna Magnavita | Pinga-Fogo: edição 23.990, de 11 de abril de 2022, segunda-feira

Coluna Magnavita | Pinga-Fogo: edição 23.990, de 11 de abril de 2022, segunda-feira

Lembram de Carlos Alberto Muniz, vice-prefeito de Paes e que passou incólume pela polêmica Secretaria de Meio Ambiente do Rio? Aos 78, ele vivia em Petrópolis, numa aposentadoria merecida, morando em uma mansão na Quinta do Lago, chácaras 13 e 14, com pomar e uma preciosa adega, considerada uma das mais requintadas e caras do Rio. Muniz, ex-integrante do MR8, estava feliz da vida quando resolveu aceitar, contrariando a família, a nomeação para ser Secretário de Meio Ambiente de Petrópolis. Agora, sua vida ficou bagunçada. Participa de audiências públicas, apanha pela imprensa e ainda leva puxão de orelha do prefeito Rubens Bomtempo e da primeira-dama.

Ao abraçar o conterrâneo Gilberto Gil, na posse da ABL, na última sexta, o ex-ministro da Cultura Juca Ferreira pilheriou: “Este fardão ficou bonito. Imagina o Lula de Fardão!!!”. Gil adorou a ideia e soltou um sonoro “Porreta!” Quem estava ao lado, cruzou os dedos e pensou nas duas cadeiras ocupadas pelos ex-presidentes Sarney e FHC. É de praxe que o entrante seja da mesma área do antecessor.

Marco Antônio Cabral não perdoa os ataques ao pai. Para Freixo, ele destilou: “Quem é grande fã do Governo Cabral é o marqueteiro do Freixo, o sr. Renato Pereira, que sempre defendeu e exaltou a gestão de Cabral”.

O presidente da Alerj, André Ceciliano, embarca para Israel na próxima quarta (13). O governador Cláudio Castro vai para Portugal na quinta (14), passando o governo para o presidente do TJ, Henrique Figueira.

O secretário Nicola Miccione foi convidado para um evento jurídico sobre Arbitragem na França. Poderia ir como secretário de Justiça, pasta que acumula. Porém, preferiu tirar férias e viaja por conta própria. Ficará fora esta semana.

Cassio Nogueira de Castro retorna como subsecretário da Subsecretaria de Concessões e Parcerias, agora na Casa Civil, onde atuou como assessor.

Comoção no Rio com o súbito falecimento do querido desembargador Antonio Boente.