Coluna Magnavita: Rio abre corrida eleitoral com uma candidata na cadeia

PTB manteve a candidatura de Cristiane Brasil e vai usar horário eleitoral para defendê-la

Por Cláudio Magnavita *

Com o fim do período para as coligações e registros de chapa, a cidade do Rio construiu um cenário inédito: será a primeira capital do país a ter uma candidata presa.

Na última hora, o partido resolveu manter a candidatura de Cristiane Brasil e não ingressar na candidatura dos Republicanos.

A ata da convenção foi registrada e manteve o nome da filha do presidente nacional do PTB.

A decisão desagradou os candidatos a vereadores da legenda, criando um constrangimento para os afiliados. Jefferson que provar que a filha foi vítima de um ato político e quer usar o horário eleitoral para a sua defesa.

*Cláudio Magnavita é diretor de redação do Correio da Manhã