Coluna Magnavita: Padrinho

Uma velha raposa da política fluminense afirma que um hipotético duelo entre Wladimir e Bacellar, prática do século XIX, não daria certo: faltaria padrinho para os dois.