Pin It

Por Cesar Ferreira

Verão, janeiro, fevereiro, calor, samba e os bailes de segundas-feiras da Orquestra Imperial no Clube Manouche, lotados, viraram mais uma vez o point da temporada. A big band e seus bailes mais cariocas do planeta encerram a temporada no Clube Manouche, renovada e cheia de amor pra dar – como sempre. E recebe Eliana Pittman, que estava de olho na Orquestra desde seu começo, e vai cantar sambas e carimbós pra animar a festa.

Depois de animar as noites cariocas de 2002 a 2018 com direito a diversos bailes e shows em palcos, clubes e festivais por todo o Brasil, Europa, Estados Unidos e América Latina, a Imperial está de volta com uma formação mesclando integrantes das primeiras formações como Berna Ceppas, Kassin, Nina Becker, Moreno Veloso, Emanuelle Araujo, Felipe Pinaud, Pedro Sá, Marlon Sette, César Bodão, Mauro Zacharias, Bidu Cordeiro e outros mais. E a Orquestra acaba de receber mais dois integrantes: Pedro Miranda e Matheus VK.

Caras novas e da nova cena são presenças surpresas que sempre pintam e DJs convidados, como DJ Malboro, já confirmado. No mês de janeiro a orquestra recebeu Matheus VK e DJ Marlboro, Danilo Cutrim do Braza, Ana Frango Elétrico e Pedro Miranda, além do percussionista Leonardo Reis.

A banda preparou novo repertório que tem a ver com o espaço do Manouche, mais acolhedor, pra dançar coladinho. “Caso Sério”, de Rita Lee, é uma delas, e a música “Obsessão”, de Milton de Oliveira e sucesso na voz de Clara Nunes – que está na trilha da novela “Amor de Mãe” da TV Globo – sem abrir mão das músicas mais animadas.

Serviço

BAILE DA ORQUESTRA IMPERIAL

Clube Manouche (Rua Jardim Botânico, 983);

17/2, às 21h;

Ingressos: R$ 120 e R$ 60.