Pin It

Por Affonso Nunes

Em novembro de 2018, por ocasião de seu aniversário de 80 anos, Martinho da Vila fez um show histórico no Theatro Municipal. Para os que não tiveram a sorte de estar na plateia naquelas duas noites, acaba de sair em DVD a íntegra do espetáculo “Martinho 8.0 - Bandeira da fé: um concerto pop-clássico (ao vivo)”. aqui.

Compositor de algumas obras-primas da MPB, o sambista que acaba de completar 82 anos garante que a a gravação deste DVD foi o seu mais importante trabalho realizado no Municipal.

- Só é comparável ao ”Concerto negro” – destaca o artista, referindo-se a seu mais ambicioso projeto criado em 1988 (ano de centenário da abolição da escravatura) que tinha como proposta mostrar a participação dos negros no universo da música de clássica.

Desta vez, Martinho se vale do conceito pop-clássico em “Bandeira da fé”. A ponte entre a música popular e a dita erudita é uma peça musical é dividida em dois atos. O primeiro termina com uma exibição da porta-bandeira e do mestre-sala da Unidos de Vila Isabel, dançando um frevo-samba, com a  participação  de Tunico da Vila, filho do compositor. O segundo culmina com um inédito jongo  sintonizado,  apologia a Zumbi dos Palmares.

No espetáculo dirigido pelo produtor João Wlamir, iluminação de Antônio Antunes e captação de imagens por Bruno Murtinho, Martinho recebe como convidados especiais o rapper Rappin Hood e a pianista Maíra Freitas. Quem o acompanha no palco são os músicos Gabriel de Aquino, Alaan Monteiro, João Rafael, Gabriel Policarpo e Bernardo Arias, além da Orquestra Filarmônica do Rio, sob a regência do Maestro Leonardo Bruno.

- A Filarmônica do Rio e a banda de músicos populares, lindamente dirigida pelo Gabriel de Aquino, é que são os grandes destaques – comenta Martinho, fazendo questão de enaltecer o trabalho coletivo.

No repertório, Martinho interpreta 15 canções, entre as quais “Kizomba, festa da raça”, “Depois não sei, “Devagar devagarinho”, “Casa de bamba” e um medley com “O pequeno burguês” e “Canta canta minha gente”, entre outras.