Por Cesar Ferreira

Gustavo Gasparani reestreia o premiado monólogo  “Ricardo III”, obra de William Shakespeare, um dos maiores dramaturgos do teatro ocidental, com direção de Sergio Módena,  no  Teatro Poeirinha em temporada até 16 de fevereiro.

Em cartaz há seis anos, “Ricardo III”  vem de temporadas de enorme sucesso, com lotação esgotada e elogios do público e crítica no Rio, São Paulo e nos festivais de teatro de Salvador, Angra dos Reis, Curitiba, Porto Alegre, Roraima, Rondônia e Brasília. Gasparani recebeu por este espetáculo os prêmios de melhor ator da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) e do Festival Internacional de Teatro de Angra (Fita), sendo ainda indicado nas categorias ator, espetáculo e direção a outros imporantes prêmios.

HOMEM DE TEATRO

Gustavo é um homem de teatro, com formação em canto e dança. Além de ator, assinou como autor, diretor e produtor vários outros espetáculos e também participa desde a sua fundação da Cia dos Atores, que completou 30 anos e com a qual, atualmente, encena  “Insetos”,  espetáculo que roda todo o país desde o ano passado. É também é professor de teatro na Fundação Cesgranrio e no Colégio Andrews.

Dentro do universo do dramaturgo inglês, já montou espetáculos como  “Otelo da Mangueira” (2006) e “Romeu e Julieta ao Som de Marisa Monte” (2018) e já se prepara para estrear seu quarto espetáculo shakespeariano  em 2020, com a Cia dos Atores, a tragédia “Júlio Cesar”, que retrata a conspiração contra o ditador romano, seu assassinato e suas consequências.

A performance de Gasparani no espetáculo rendeu-lhe entusiasmados elogios não só da crítica mas de ícones do palco, como a atriz Fernanda Montenegro.

- Todas as glórias para Gustavo, pela inteligência, pela qualidade de ator, pela coragem de enfrentar um texto dessa ordem e nos prender o tempo todo com tanta integridade e com tanto talento - disse a primeira- -dama do teatro brasileiro.

Desde a estreia de  “Ricardo III”,  em 2014, Gasparani já dirigiu espetáculos musicais de sua autoria de enorme sucesso como  “Samba Futebol Clube” (2014), “SamBRA - 100 anos de samba” (2015), “Gilberto Gil - Aquele abraço”  (2016),  “Zeca Pagodinho – A saga de um herói suburbano”  (2017)  e  “Bem sertanejo – O musical”,  com Michel Teló, em 2017.

“Ricardo III”  narra um pedaço da história da Inglaterra. É um dos primeiros dramas históricos escritos por Shakespeare e encerra em si um dos contos mais tenebrosamente sedutores que já se ergueram em cena.

O texto traz uma visão rica dos bastidores políticos no que se refere à imoralidade e à ambição desmesurada para se alcançar o poder. Mesmo tendo se passado pouco mais de quatro séculos, os temas abordados servem para refletirmos sobre o mundo em que vivemos. “Ricardo III” discute a luta por poder, intrigas, e a hipocrisia da política.

SERVIÇO

“RICARDO III” Teatro Poeirinha (Rua São João Batista, 104 – Botafogo - Tel.: 21. 2537-8053) De quinta a domingo até 16/2, às 21(quinta a sábado) e às 19h (domingo) Ingressos: R$ 60 e R$ 30