Edição 23.546

Edição 23.546

Abra o link para ler o pdf completo     

CARTA DO EDITOR

O Correio da Manhã desta sexta-feira, além dos destaques da coluna de Cláudio Magnavita, como Ricardo Amorim na ribalta, reporta que as duas maiores operadoras de sistemas de transporte de alta capacidade do Rio, Supervia e MetrôRio amargam prejuízos desde março. Setor agoniza e especialistas pregam melhorias no sistema. Em tempo de pandemia 522 mil empresas são fechadas no Brasil. O governador Wilson Witzel, sob acusações, veta projeto de lei contra corrupção.
Em Outras Páginas, comenta-se que a lei das fake news evolui, mas ainda traz ameaças aos pilares da internet.
Outras informações mostram que pontos turísticos retornam no Rio  e que estátua de mulher negra substitui escravagista. Paralelamente, na pandemia de coronavírus, respiradores criados pela Universidade de São Paulo entram em ação, e  o esporte ganha auxílio emergencial.
Esta edição traz ainda reportagem sobre a nata da da MPB, que promove live por trabalhadores da cultura. Ainda reportamos que, em livro, Nei Lopes aborda o universo mítico do Ifá. O Brasil já registra mais de 2 milhões de casos de coronavírus. Precisamos nos cuidar. Use máscara.
Boa sexta-feira!
Boa leitura!