Edição 23.547

Edição 23.547

Abra o link para ler o pdf completo     

CARTA DO EDITOR

Nesta edição de fim de semana, a coluna de Cláudio Magnavita escreve que muitos consideram válido pensar em um governo Cláudio Castro já neste segundo semestre. A direita católica quer espaço no governo do vice.
O editorial trata das coirmãs Firjan e Fecomércio, exemplos de que não é privilégio do poder público estar envolvido em um jogo político confuso, onde se misturam o público e o privado.
É impossível minimizar os efeitos da crise econômica, aliada à pandemia de coronavírus - seu contágio ainda acelera em 60% das grandes cidades brasileiras, como escreve a coluna Outras Páginas. 1,5 milhão de vagas de trabalho foram fechadas em maio e 12,4 milhões de brasileiros estão desempregados, destacamos em manchete.Além disso, o comércio de rua sofre com a crise.
Outros temas desta edição de fim de semana: recuperação  judicial cresce 38% em um mês e a juíza Soraya Galassi Lambert comenta sobre o assédio moral em tempos de pandemia.
A polêmica administração do Rio fecha únicos hospitais de campanha inaugurados.
Reportamos também que as famílias de vítimas do voo da Chapecoense vivem drama para receber indenização.
Existe momento positivo, como a revelação de que ex-morador de rua dá exemplo de solidariedade. Nos Estados Unidos, democracia ferida pelo racismo, cadeirante negro é agredido em protesto.
A  edição tem ainda temas leves, a exemplo de bom drink também chega por delivery, Cecília Meireles retoma temporada e imagens inéditas do Sol são divulgadas.
Os graves riscos da pandemia de coronavírus, que matou o jornalista José Paulo de Andrade, da Bandeirantes, continuam. Cuide-se.
Bom fim de semana.
Boa leitura!