Edição 23.707

Edição 23.707

Abra o link para ler o pdf completo         

Carta ao leitor

As notícias do Rio são, novamente, os destaques da edição de hoje (4) do Correio da Manhã.
Uma reunião realizada ontem à noite (3) entre o prefeito Eduardo Paes e o governador em exercício Cláudio Castro culminou em medidas mais restritivas para combater o coronavírus na capital. Além disso, o ministro Luiz Fux, presidente do STF, suspendeu o processo de encampação da Linha Amarela pela Prefeitura e a Lamsa pode voltar a controlar a via expressa. Para finalizar, o sistema BRT será controlado pelo poder público municipal.
Já o mundo político de Brasília tem como destaques a aprovação do Orçamento de 2021 e a aprovação da MP que destina R$ 2,5 bilhões para o consórcio mundial Covax Facility.
A Coluna Magnavita continua a destrinchar os assuntos do Clube do Charuto do Guanabara de WW.
O editorial faz críticas a sessão de despedida do conselheiro José Moraes do TCM-RJ, comparando-a com episódios da série “Doutor Castor”.
Em Economia, a equipe de Paulo Guedes volta a defender a tese de que o pacote de reformas pode salvar o país de uma crise mais profunda.
E a Cultura vem com as apostas para o Festival de Berlim, mais a reestreia de “Uma frase para minha mãe” nos palcos.

Quer saber primeiro? Leia o Correio da Manhã!