Edição 23.840

Jornal Correio da Manhã

Abra o link para ler o pdf completo         

Carta ao leitor

O Correio da Manhã desta terça-feira, feriado de 7 de setembro, vem com os seguintes destaques:
Na Coluna Magnavita, que o novo secretário de estado de trabalho, Patrique Welber é um especialista em nominatas; que o governador Cláudio Castro, o desembargador Henrique Figueira e o deputado André Ceciliano vão debater, no dia 9, num café da manhã, o plano de recuperação fiscal do Rio; e que Michel Temer pode voltar à política em 2022.
O editorial fala que não há nada mais perigoso do que a arbitrariedade oportunista.
Uma entrevista do jornalista Cláudio Magnavita ao programa Jogo do Poder, da CNT, onde comentou sobre os dois anos de relançamento do jornal.
No mundo político, o Ministério da Saúde interdita 25 lotes da Coronavac, suspensos pela Anvisa pelo fato de não terem sido envasados por um laboratório credenciado pela agência brasileira; e que Bolsonaro assinou uma MP que modifica algumas regras de utilização das redes sociais no país.
Em Rio, a capital publica um novo calendário de vacinação contra a covid-19.
No universo cultural, o adeus ao ator francês Jean-Paul Belmondo e ao pianista João Carlos Assis Brasil.

Quer saber primeiro? Leia o Correio da Manhã!