Pin It

Por Pedro Sobreiro

O futebol é um esporte que mexe com a paixão de legiões de torcedores dispostas a fazer de tudo para ajudar seu clube a crescer mais ainda. No Brasil, entretanto, a maioria das gestões beira o amadorismo, investindo errado, deixando de pagar dívidas e sofrendo com penhoras por falta de pagamento. 

Se pararmos para analisar, poucos clubes da Série A estão com as contas em dia, o que afasta investidores, dificulta o processo de encontrar novos patrocinadores dispostos a pagar bons valores para exibir suas marcas e diminui o interesse de jogadores de peso em virem jogar nesses clubes.

Se o time não atrai bons jogadores, ele dificilmente consegue fazer boas campanhas e, consequentemente, arrecada menos com premiações por títulos ou por colocações nos campeonatos, complicando ainda mais sua situação financeira.

Entretanto, dois clubes que vivem situações financeiras complicadas foram agraciados com um reforço de peso na hora de fazer novas contratações: seus torcedores.

Com uma das torcidas mais apaixonadas do Brasil, o Vasco fez história no final de 2019 ao conseguir com que seus torcedores se associassem em massa, fazendo do Vasco o clube com mais sócios no continente americano.

Por conta desse feito, e da moda de comentar “Vasco” em momentos aleatórios nas redes sociais, o Gigante da Colina passou a chamar atenção de novos patrocinadores, que viram no clube uma boa vitrine para suas marcas.

Além disso, os torcedores passaram a buscar reforços e fazer um tipo de “primeiro contato” com eles para saber se haveria a possibilidade de negociarem com o clube. Sem contar a invasão dos torcedores às redes sociais dos jogadores, como nos casos do artilheiro Germán Cano e de Freddy Guarín. A paixão dos torcedores os encantou, e ajudaram a escolher o Vasco.

O outro caso é do Botafogo, que acaba de trazer para suas fileiras o ídolo japonês Keisuke Honda. A contratação, que há pouco tempo parecia impossível, se deu muito pela paixão do torcedor, que abraçou o time e subiu uma hashtag pedindo a vinda do Honda para os Trending Topics mundiais.

Em sua apresentação, no estádio Nilton Santos, semana passada, Honda foi enfático ao falar da torcida do Glorioso:

- Nunca vi nada assim.

Os “torcedores dirigentes” estão ajudando dois gigantes do futebol carioca a sonharem com dias melhores. Falta agora o trabalho das respectivas diretorias honrar a paixão do torcedor ao realizar gestões profissionais e transparentes.