Com Pedro decisivo, Flamengo vence Palmeiras na estreia do Brasileiro

No confronto entre o atual bicampeão nacional e o detentor dos últimos títulos da Copa do Brasil e da Libertadores, melhor para o primeiro. Neste domingo (30), o Flamengo derrotou o Palmeiras por 1 a 0 no Maracanã, no Rio de Janeiro, pela primeira rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.FlamengoFlamengo

Aos 25, o Verdão assustou novamente, desta vez com o meia Raphael Veiga, em chute cruzado que o camisa 1 rubro-negro salvou com a ponta dos dedos. Onze minutos depois, o arqueiro flamenguista brilhou novamente, evitando o gol na finalização de Rony, da entrada da área. A melhor oportunidade dos anfitriões foi aos 45 minutos, em batida cruzada do atacante Pedro, dentro da área, que passou rente à trave direita defendida por Weverton. O centroavante foi escalado no lugar do titular Gabigol, com indisposição gástrica.

Elenco mais caro do Brasil, valendo quase 152 milhões de euros (R$ 967,65 milhões), o Flamengo teve mais iniciativa na etapa final. No primeiro minuto, o atacante Bruno Henrique foi lançado pelo meia Giorgian De Arrascaeta na cara de Weverton, mas arrematou por cima. Cinco minutos depois, o goleiro alviverde levou a melhor novamente contra Bruno Henrique, salvando um chute cruzado que ainda quicou no gramado. Aos 24, o camisa 21 palmeirense fez grande defesa em cabeçada do zagueiro Rodrigo Caio, na segunda trave.

Aos 29 minutos, enfim, a pressão rubro-negra deu resultado: Bruno Henrique disparou pela esquerda e cruzou para Pedro, de carrinho, mandar para as redes. O duelo continuou aberto, com as duas equipes buscando o gol, mas o placar não se alterou mais.

O Palmeiras tem compromisso nesta quinta-feira (3), também pela terceira fase da Copa do Brasil, às 21h30, diante do CRB, no Rei Pelé, em Maceió. Em seguida, no domingo que vem (6), o Verdão atua pela segunda rodada do Brasileiro, contra a Chapecoense, no Allianz Parque, em São Paulo, às 18h15.

No segundo tempo, aos quatro minutos, Ricardinho, de cabeça, após cruzamento do também atacante Léo Chú pela esquerda, igualou o placar. Aos 39 minutos, o lateral Bruno Cortez caiu na área em disputa de bola com o lateral Buiú. O pênalti foi inicialmente assinalado, mas cancelado com auxílio do árbitro de vídeo (VAR). Quando o duelo caminhava para o empate, o meia Jorginho ficou com a sobra de uma bola que rebateu na trave e decretou o triunfo alvinegro, aos 48 minutos.

Fortaleza e Ceará, aliás, disputam mais uma edição do Clássico-Rei na próxima quarta-feira (2), às 19h, no Castelão. No mesmo dia e horário, o Atlético-MG visita o Remo no Baenão, em Belém. Também na quarta (2), só que mais cedo, às 16h30, o Grêmio pega o Brasiliense na Arena, em Porto Alegre. Os duelos são válidos pela terceira fase da Copa do Brasil.

Pelo Brasileirão, Leão do Pici e Galo voltam a campo no domingo (6). Os cearenses recebem o Internacional às 16h, enquanto os mineiros visitam o Sport às 20h30, na Ilha do Retiro, em Recife. Um dia antes, no sábado (5), o Ceará visita o Santos, às 19h, na Vila Belmiro, no litoral paulista. O Grêmio só torna a atuar pela Série A dia 13, contra o Athletico-PR, em casa, às 16h.