Pin It

Por Folhapress

Motivada pela epidemia de coronavírus, a Bienal de Arquitetura de Veneza anunciou, nesta quarta (4), novas datas para a sua edição deste ano. A mudança faz com que o evento tenha apenas metade de sua duração usual: em vez de acontecer entre 23 de maio e 29 de novembro, ela agora só terá início em 29 de agosto.

Segundo nota publicada no site da organização, as novas datas são consequência de medidas que restringem viagens internacionais adotadas por diversos governos nas últimas semanas.

"Esse período de tempo coincide com a delicada fase inicial de montagem de uma exposição internacional complexa, caso da Bienal de Arquitetura, que envolve arquitetos e instituições de mais de 60 países", afirma o comunicado.

A mudança de datas faz com que a abertura da mostra aconteça alguns dias antes do Festival de Cinema de Veneza, com início no dia 2 de setembro.

Com as novas datas, a mostra é adicionada ao rol de eventos internacionais impactados pela epidemia. No campo da cultura, a lista inclui feiras de livros em Bolonha, Paris e Londres, além do Salão Internacional do Móvel em Milão.