Pin It

Por Gustavo Barreto

O mais novo modelo do celular da Apple foi exposto na ultima terça-feira (10) como o sucessor do iPhone XR e com a promessa de chegar ao mercado norte-americano em 20 de setembro pelo valor de US$ 699. Até o momento não há uma data oficial de quando o aparelho chegará em terras brasileiras. Dentre as novidades anunciadas destacam-se o sistema de câmera dupla de 12 megapixels, o processador A13 Biopic, tela de 6,1 polegadas e lentes ultrawide e angular. 

Ainda segundo a Apple, a duração da bateria será estendida em relação ao modelo anterior, cerca de uma hora a mais. O espaço da memória interna girará entre 64 GB, 128 GB e 256 GB, sem suporte a cartão de memória. Além do 11, foram apresentado também os modelos 11 Pro, 11 Pro Max. Esses contarão respectivamente com telas OLED de 5,8 e 6,5 polegadas, junto com três câmeras traseiras com leitores ultra wide e telephoto. Os preços respectivos dos modelos Pro e Pro Max serão US$ 1.000 e US$ 1.100. 

Fazendo a conversão destes valores para reais, o iPhone 11 custaria R$ 2.843,39; o 11 Pro R$ 4.067,80; e o 11 pro Max R$ 4.474,58. Os valores citados acima não incluem impostos ou taxas de importação. Ou seja: chegarão aqui bem mais caros.