Pin It

Por Folhapress

Como são as eleições britânicas?
O voto não é obrigatório e o dia da eleição não é feriado. As urnas ficam abertas das 7h às 22h. Os eleitores devem se registrar no distrito em que moram (em dezembro de 2018, havia 45,8 milhões de britânicos registrados para votar).
Em cada distrito, o candidato mais votado leva a cadeira do Parlamento, independentemente do número de votos para seu partido em todo o país.

Quando sai o resultado desta eleição?
Os resultados de todos os 650 distritos devem estar apurados até as 6h (3h) no Brasil. Deve sair durante a madrugada, porém, o resultado mais importante na prática: se o Partido Conservador conseguiu ou não assegurar a maioria das cadeiras para aprovar seu acordo do brexit.

De quantas cadeiras Boris precisa para o brexit?
Da maioria simples, ou seja, 326 cadeiras. Na prática o número pode ser um pouco menor, porque o presidente da Casa não vota.
Tradicionalmente, os eleitos pelo partido norte-irlandês Sinn Fein também não assumem suas cadeiras (na última eleição, eles elegeram sete representantes).

Como se escolhe o primeiro-ministro?
Se um partido obtém maioria, seu líder é declarado primeiro-ministro. Ele pede permissão à rainha para formar um novo governo em nome da Coroa.

E se ninguém alcançar a maioria?
Ocorre impasse (o que os ingleses chamam de "hung parliament"), e Boris continua no cargo para tentar formar um governo de coalizão. Antes dessas eleições, o Partido Conservador contava com o DUP (unionista irlandês) para governar.
Se ele não obtiver a maioria associando-se a outro partido, pode tentar ainda estabelecer um governo de minoria, no qual se estabelece um acordo de apoio para que outro partido vote com o governo nos temas principais.

O que acontece se Boris não formar um governo?
Nesse caso, o primeiro-ministro costuma renunciar e dar ao líder da oposição (o trabalhista Jeremy Corbyn) a oportunidade de tentar formar um governo. Se a oposição fracassar, convocam-se novas eleições.