Onda de calor recorde nos EUA e Canadá mata 45 no Estado do Oregon

Uma onda de calor que atingiu grande parte do oeste do Canadá e noroeste dos Estados Unidos matou pelo menos 45 pessoas no condado de Multnomah, no estado norte-americano do Oregon, e é vista como a causa de um aumento incomum de mortes na Colúmbia Britânica, disseram autoridades nessa quarta-feira (30).CalorCalor

A "cúpula do calor", um fenômeno climático que aprisiona o calor e bloqueia a movimentação de outros sistemas climáticos, bateu recordes de altas temperaturas no noroeste dos EUA e no oeste do Canadá nos últimos dias.

No condado de Multnomah, que inclui Portland, 45 mortes desde sexta-feira foram relacionadas ao calor excessivo, disse o legista do condado em comunicado, citando a hipertermia como causa preliminar.

Oregon teve apenas 12 mortes por hipertermia de 2017 a 2019, segundo  a nota.

Na Colúmbia Britânica, no Canadá, houve 486 mortes repentinas e inesperadas entre sexta e terça-feira, cerca de 320 a mais do que a média para um período de cinco dias, disse o BC Coroners Service, responsável pela investigação de óbitos na província canadense.