Será que é para salvar vidas mesmo?

Por Rodrigo Bethlem*

Quando o assunto é pandemia, se alguém contesta a turma do “fica em casa”, logo é chamado de negacionista, bolsominion e por aí vai.

Não estou aqui para politizar o tema, até porque não sou político há muito tempo.

Meu objetivo é dar opiniões sinceras, concretas e baseadas em pesquisas que faço, antes de falar de qualquer dado.

Vamos ao que interessa: o objetivo da turma do “fica em casa” é salvar vidas. Fechar tudo, lockdown, sacrifícios... Tudo para salvar vidas.

Então, vamos nos atentar aos números. De acordo com o painel do google, aproximadamente, três milhões de pessoas morreram por conta de complicações do covid.

A FAO – Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura, declara que, pelo menos, dez vezes mais pessoas morreram de fome ou de causas relacionadas à fome. E podem continuar sendo levadas à beira da fome como resultado dos impactos sociais e econômicos causados pela pandemia de coronavírus. Isso quer dizer, claramente, que a pandemia pode custar mais vidas por causa da fome do que os mortos pela infecção,

Aí, eu pergunto: estamos distribuindo máscaras ou comida?

Observe outro dado: morreram cinco vezes mais crianças até 5 anos no mundo, do que pessoas vítimas do coronavírus.

Alguém ouviu falar nisso?

E os números não param por aí. No ano passado, morreram mais pessoas de aids do que de coronavírus.

Saíram notícias sobre isso?

Ressalto que não estou minimizando a doença, não, gente. Realmente, a covid-19 é muito grave.

Mas, precisamos parar para raciocinar!!

Existem números alarmantes que precisam despertar a atenção da população, da comunidade científica, dos médicos, de todos!

Em 2020, houve uma baixa significativa na vacinação básica das crianças.

Na média, normalmente, mais de 80% das crianças se vacinam com a BCG. Por conta da pandemia, esse percentual caiu para 60%.

Isso significa que muitas crianças estão vulneráveis à tuberculose, por exemplo, que é uma doença muito mais grave e muito mais letal do que o coronavírus.

A imprensa divulgou isso?

Será que essa campanha de lockdown é só pra salvar vidas mesmo?

*Consultor Político e
ex-deputado