Conferência do Brasil nos EUA terá presidenciáveis e ignora Bolsonaro

Por: Fábio Zanini 

Após duas edições online por causa da pandemia, a Brazil Conference, realizada por estudantes e pesquisadores brasileiros de universidades na região de Boston (EUA), voltará a ser presencial em 2022.

O evento, organizado por integrantes de instituições como Universidade Harvard, MIT e Universidade de Boston, exigirá comprovante de vacinação para liberar o acesso do público e palestrantes aos debates.

O principal destaque da edição deste ano, que ocorre em 9 e 10 de abril, são sabatinas com pré-candidatos à Presidência da República, feitas individualmente.

Já confirmaram participação presencial Ciro Gomes (PDT) e Sergio Moro (Podemos). Em formato virtual falarão Simone Tebet (MDB) e João Doria (PSDB).

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) a princípio aceitou tomar parte virtualmente, mas poderá ainda enviar um representante em seu lugar.

Já o presidente Jair Bolsonaro (PL) não foi convidado. Segundo os organizadores, ele não atende aos critérios de respeito à democracia e às instituições.