Rio será reindustrializado

O crescimento econômico do Rio de Janeiro passa pela reindustrialização. Com esta convicção, o governo estadual deu o pontapé inicial, no projeto Industrializa RJ. Levando em conta as várias vocações locais, haverá encontros com os principais representantes setoriais para apresentar as propostas do governo para gerar crescimento, empregos e renda. A primeira reunião foi com o setor de gás natural.

“Temos consciência de que este será o combustível para o nosso crescimento. Somos o principal hub energético nacional. Respondemos por 79% da produção nacional de petróleo e por 61% do gás. Temos recebido muitas empresas multinacionais que veem no gás natural uma fonte de energia de transição para suas indústrias. Estamos trabalhando para criar as melhores condições para a chegada de novos empreendimentos e o crescimento daqueles que já estão em nosso estado”, afirmou o governador.

“Somos o segundo maior estado brasileiro em exportações e importações, o terceiro maior estado brasileiro em potencial de consumo, o segundo maior polo automotivo do país em número de empresas e temos o maior investimento privado na América Latina: o Porto do Açu” concluiu Castro.

O encontro reuniu 30 representantes de infraestrutura, ofertantes, demandantes e agentes financeiros do projeto Rota 4B para escoamento de gás natural do pré-sal pelo Porto de Itaguaí.