Guardas municipais prendem ambulantes que aplicaram golpe de R$ 10 mil em turistas na Praia de Copacabana

Redação

Guardas municipais do Subgrupamento de Operações de Praia do Grupamento Marítimo Municipal (GMM) prenderam, na tarde desta segunda-feira (13/09), três ambulantes, de 27, 35 e 43 anos, acusados de dar um golpe de R$ 10 mil em duas turistas polonesas, na Praia de Copacabana, na Zona Sul do Rio. Os agentes estão atuando nas ações de reforço na fiscalização da orla realizadas pela Seop e pela GM-Rio desde o dia 26 de agosto.

De acordo com os guardas municipais que atenderam a ocorrência, o golpe aconteceu quando as turistas compraram um espetinho de camarão no valor de R$ 40 com os acusados. Ainda segundo os guardas, as turistas perceberam o golpe quando receberam uma mensagem no celular informando que a compra realizada tinha sido no valor de R$ 10 mil.

Então, elas procuraram as equipes que faziam o patrulhamento na região, conseguiram relatar o caso e informar o local exato onde os ambulantes estariam. Imediatamente, as equipes foram ao ponto indicado e conseguiram localizar os três acusados. Com eles foi encontrada uma máquina de cartão de crédito usada para aplicar o golpe. Eles foram reconhecidos pelas vítimas e todos foram levados para de 12 ª DP (Copacabana), onde o caso foi registrado como estelionato.

 

Balanço da operação

A operação de reforço na fiscalização realizada pela Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) e pela Guarda Municipal do Rio (GM-Rio) está acontecendo diariamente na orla da cidade contando com emprego de 175 guardas municipais. Desde o início das ações, no dia 26 de agosto, até o dia 13 de setembro, a GM-Rio registrou oito prisões, incluindo o caso de estelionato e de um homem que cortou coqueiros em Copacabana, além de furtos, depredações e posse de drogas.

Os agentes também atuaram em 59 conduções para delegacia e/ou averiguação de situações suspeitas após denúncias de cidadãos ou pela Central 1746. No primeiro dia de atuação, foram feitas 42 abordagens resultando na condução de 11 pessoas para delegacias da região. Além disso, equipes do Grupamento de Guardas Motociclistas (GGM) atuaram com a Polícia Militar para conter um tumulto em um ponto de ônibus na Avenida Prado Júnior. Já no dia 09 de setembro, guardas foram acionados pelo motorista de um ônibus da linha 483, na Av. Princesa Isabel, para conter pessoas que entraram pela traseira do veículo sem pagar a passagem e estavam provocando tumulto. As equipes impediram qualquer tipo de depredação e em seguida o ônibus seguiu viagem.

Em relação à fiscalização das posturas municipais e às ações de ordenamento, foram registradas 1.214 multas de trânsito, 64 infrações sanitárias. Foram apreendidos 586 produtos que estavam sendo vendidos sem autorização, ainda foram apreendidos oito coletes com flanelinhas, coibindo a ação deles. Também foram retiradas três barracas de camping da praia e três churrasqueiras. Foi impedida uma prática esportiva em local e horário proibido. Também foram distribuídas 64 pulseiras de identificação e os agentes ajudaram uma criança perdida a reencontrar os responsáveis.