Pin It

Por Daniela Calcia

O 'novo' caso de construção ilegal de um condomínio na Ladeira dos Tabajaras, em Copacabana, ganha mais um capítulo. Hoje a prefeitura decidiu notificar os responsáveis pela construção do imóvel. O município havia recebido uma denúncia sobre a irregularidade há 60 dias, mas delegacia só foi notificada nesta segunda (3). Na quarta-feira (5) as imagens das construções foram mostradas pelo RJ TV primeira edição.

O local será demolido, mas segundo o secretário de Habitação, Sebastião Bruno, ainda não há previsão de quando irá acontecer. A Polícia Militar esteve no local na quinta-feira (6) para garantir a segurança dos fiscais da Prefeitura.

O prédio começou a ser construído numa área de proteção ambiental e destruiu parte da Mata Atlântica. Os responsáveis pela venda dos apartamentos não ofereciam nenhuma documentação aos compradores. A entrega das unidades estava prevista para abril de 2020 e cada proprietário, por apenas R$ 170 mil, iria desfrutar de um apartamento com 67 m² e vários outros serviços oferecidos pelo 'condomínio' como piscina, sauna, área para crianças e academia, além de vista cinematográfica para Copacabana, Urca e Flamengo.