Pin It

por Guilherme Cosenza

Foi instaurado nessa quarta-feira (12) pela Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) uma CPI para invesitgar as obras da Linha 4 do Metrô do Rio. Os trabalhos de investigação começaram após o Carnaval e foram publicadas no Diário Oficial.

O requerimento foi feito pelo deputado Chicão Bulhões (Novo), o que pode lhe tornar presidente da CPI. Segundo consta nos autos, a investigação foi criada para investigar as obras paradas na estação Gávea, que nunca foi entregue. Já em 2018, o Ministério Público Especial (MPE), ligado ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-RJ) afirmou que encontrou possíveis irregularidades, como monopólio, sobrepreço e sumiço de documentos.

Nos próximos dias, os líderes de todos os partidos presentes na Alerj deverão indicar os deputados que vão compor a comissão. O MPE chegou a pedir na época uma nova licitação, porém teve o pedido negado pelos equipe de análise técnica da corte de contas do estado negaram o pedido. Já em 2019, o ex-governador Sérgio Cabral, em depoimento ao Ministério Público Federal, admitiu ter recebido propina durante a construção da Linha 4 do Metrô.