Pin It

Residindo na Europa desde janeiro, quando renunciou ao mandato de deputado federal (PSOL- -RJ) por conta de ameaças contra sua vida, Jean Wyllys se juntará ao corpo docente da universidade de Harvard, nos Estados Unidos, durante o período de um semestre acadêmico aonde lecionará no Instituto de Pesquisas Afro-Latino, além de atuar como pesquisador.

O anúncio foi realizado por uma imagem postada pelo próprio Jean em uma rede social, no qual aparece sua credencial como professor em Harvard acompanhada de trechos da música “Filosofia Pura”, de Jorge Pontual, e executada por Maria Bethânia. Jean Wyllys ensinará sobre fake news e discursos de ódio contra minorias sexuais e étnicas. O professor também planeja continuar com suas pesquisas sobre o tema mencionado anteriormente, em um projeto conjunto com a organização filantrópica Open Society.

Segundo uma definição da própria instituição “o Instituto de Pesquisa Afro-Latino da Universidade de Harvard tem como objetivo estimular e patrocinar o estudo sobre o tema afro-latino. É o primeiro centro de estudo nos Estados Unidos voltado para pesquisa da história e cultura dos povos africanos cujos descendentes vivem na América Latina.