Pin It

Por Vinicius Lisboa (Agência Brasil)

A roda-gigante Rio Star, prevista para ser inaugurada em novembro, marcará presença como novo ponto turistico da região do porto do Rio. Será não só a maior roda gigante da América Latina como também gerará emprego para os moradores da região. 

- Acredito muito que o público carioca vai abraçar a roda-gigante, e que muita gente vai querer conhecer e ter essa visão a 88 metros de altura - disse o diretor-executivo da FW Investimentos, holding que administra a Rio Star, Fábio Bordin.

Na fase de testes, o primeiro giro da estrutura deve acontecer entre 25 e 30 de outubro.

Sem revelar as promoções, Bordin promete que haverá preços especiais para cariocas, que devem ser parte importante do público, estimado em três mil pessoas por dia. Fazendo as contas, serão cerca de um milhão de pessoas por ano.

A montagem da estrutura metálica, que já se destaca na paisagem da Zona Portuária do Rio, terminou semana passada, e técnicos do país asiático agora trabalham na finalização elétrica e hidráulica da atração, que receberá seus primeiros visitantes na segunda quinzena de novembro.

Foram três carregamentos de navio para trazer todos os inúmeros componentes da Roda Gigante Rio Star da China.

O projeto nasceu de uma licitação da Prefeitura do Rio para a construção de um parque temático na região, próxima do Aquário do Rio de Janeiro.

Fábio Bordin conta que a obra começou em dezembro do ano passado, e o maior desafio foi “tropicalizar” a Roda Gigante, 100% encomendada na China.

- Fomos para a China com nossos engenheiros e especificamos como deveria ser a estruturação toda, para que ela viesse para o Brasil preparada para a questão da maresia, situação do mar, tipo de aço. Tudo isso foi feito anteriormente - diz o executivo.

Os ingressos para participar da brincadeira vão custar R$ 59, mas quem comprar pela internet terá R$ 10 de desconto.

Na primeira fase de operação, entre novembro e a primeira quinzena de dezembro, só serão vendidos ingressos na bilheteria. Somente após a inauguração oficial, marcada para dezembro, será possível fazer a compra antecipada pela internet.

Nos próximos dias, a roda-gigante será repintada, para cobrir danos causados no acabamento pela viagem de navio. Também estão em fase de conclusão a construção do restaurante, da sede administrativa e da loja de souvenirs, que vão compor o complexo. 

A Rio Star deve gerar 60 empregos diretos e mais 60 indiretos, e parte dessas vagas foi reservada para moradores da região, especialmente do Morro da Providência, que é vizinho da atração turística. Uma fila se formou na Estação Gamboa do Teleférico da Providência na semana retrasada, e mais de 900 pessoas se cadastraram para concorrer às vagas, que incluem atendimento ao cliente, caixa, vendedor de loja e gastronomia. A parte das vagas ligada à operação técnica da roda gigante já está preenchida por profissionais que acompanham a execução do projeto.

O presidente da Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto (Cdurp), Tarquínio de Almeida, afirma que a expectativa para a inauguração é a melhor possível.