Pin It

A entrevista do governador Wilson Witzel ao programa da jornalista Andréia Sadi na Globo News foi fatal. Ao dizer que não devia sua eleição ao "efeito Bolsonaro nas urnas" deu um tiro no pé. A reação foi imediata, o que acaba nacionalizando os assuntos da política fluminense. A orientação passada diretamente do hospital em São Paulo é para que todos os parlamentares do PSL do Rio, que possuem um quinhão no governo entreguem os cargos. O recado foi duro. É para sair do governo ou sair do partido. A saia justa maior é da deputada federal Major Fabiana, que ocupa a Secretaria de Vitimização e Amparo à Pessoa com Deficiência, ou seja, ela será a primeira vitima deste "racha".