Coluna Magnavita: Estopim

Se a tarifa do metrô do Rio pular para R$ 6,30 em maio, quem irá segurar os protestos? A questão do bilhete único é explosiva.