Os 70 anos de uma marca de tradição da mesa do brasileiro

A história da Granfino começou em 1951, com a inauguração de um um galpão que produzia fubá e farinha de mandioca em Nova Iguaçu. De lá para cá, a marca cresceu bastante e hoje é sinônimo de tradição e qualidade, com um amplo portfólio de 100 produtos, incluindo a divisão petfood, representada pela Gran Nutrição Animal. Entre as novidades previstas para o próximo ano, como parte das comemorações pelos 70 anos da marca, está o lançamento de um e-commerce que permitirá a distribuição dos produtos Granfino em todo o país e a expansão de sua unidade fabril com a primeira unidade fora do Estado do Rio de Janeiro.


De administração familiar, a empresa é gerida pelo mesmo grupo desde 1962, hoje na terceira geração. Os irmãos Coelho, liderados pelo então presidente Sylvio Coelho, foram os responsáveis pelos investimentos em tecnologia e inovação que permitiram com que a marca crescesse ao patamar de indústria alimentícia, sendo uma das principais do segmento no Estado do Rio de Janeiro e a maior da Baixada Fluminense. Localizada ainda em Nova Iguaçu, a fábrica da Granfino emprega 550 funcionários, sendo 90% do quadro formado por moradores locais. Além dos que atuam na fábrica, a marca contabiliza cerca de 3 mil empregos indiretos relacionados a toda a estrutura que vai da produção à distribuição do alimento que o consumidor final encontra nos pontos de venda.

O Fubá Granfino, um dos carros chefes da marca, é um dos produtos que melhor representa o cuidado da marca em todas as etapas do processo produtivo. Da escolha da melhor matéria prima ao refino do grão até o empacotamento, todos os detalhes da produção são acompanhados por um rigoroso controle de qualidade. Para o fubá, o milho, que chega in natura na fábrica, passa por todas as etapas sem contato manual, sendo triturado e refinado num moinho de seis andares, sob o olhar atento de especialistas de diversas áreas da indústria.

A agilidade na entrega é outro fator que fez com que a marca se tornasse sinônimo de tradição. Dos grandes supermercados aos armazéns de bairro, a Granfino chega ao lar do consumidor através de uma base de cerca de 15 mil clientes ativos cadastrados, 5 mil deles compradores mensais recorrentes, sendo 70% das vendas diretas da fábrica serem para o varejo e 30% para grandes redes supermercadistas.

O Pasqualino, cozinheiro rechonchudo que estampa a logomarca da empresa, ganhou forma em 2003, quando foi feito o primeiro rebranding da marca. Aliás, o nome Granfino foi escolhido após a antiga Fubá Real, nome anterior da marca, convocar seus consumidores a palpitarem num nome que a representasse melhor, neste processo de expansão, ano início da década de 60.

"Na época, foi colocada uma urna no armazém da Fubá Real para que as pessoas votassem no nome que queriam para a fábrica. Sempre tivemos essa proximidade com o nosso consumidor. A Granfino é uma marca que desde os primórdios valorizou estar perto das famílias", relembra Silvia Lantimant, Presidente do Conselho de Administração da Granfino.

Economia
Além da logomarca, ao longo dos últimos 20 anos, todas as embalagens de produtos Granfino foram redesenhadas, com design moderno e os melhores materiais para conservação dos alimentos. Muitas delas receberam prêmios, assim como os produtos da marca, entre eles o Selo Proteste de ‘Melhor do Teste’, para o Feijão Preto Granfino.

Para o Diretor de Marketing da Granfino, Felipe Lantimant, terceira geração da família Coelho, a expansão logística possível através do projeto do e-commerce, permitirá uma atuação positiva da empresa em âmbito nacional.

"Hoje recebemos muitos pedidos para regiões mais afastadas, como Norte e Nordeste, de redes de supermercado e também do consumidor final. Estamos bem perto de viabilizar um sistema de entregas que atenda a todo o país" revela.

Há dezesseis anos, a Divisão Animal da Granfino, através da marca Gran Nutrição Animal, tem tido ampla inserção no mercado de petfood com as rações Grancão, Grancat, à venda em redes supermercadistas, e Grannutri High Premium Cães e Gatos no segmento super premium, vendidas em petshops.

"São alimentos que aliam tecnologia com insumos de alta qualidade para ter como produto final o melhor em pet food para cães e gatos", resume Felipe.