Edição 23.895

Jornal Correio da Manhã

Abra o link para ler o pdf completo         

Carta ao leitor

Os destaques do Correio da Manhã desta terça, 23 de novembro, são:
Na Coluna Magnavita, que o nome do advogado André Nahass, indicado pelo União Brasil para a secretaria de Transportes, já está na Casa Civil.
Os editoriais falam sobre como o Rio é tão dependente do dinheiro dos royalties do petróleo; e o outro faz uma relação da instabilidade política do PSDB com a instabilidade do aplicativo que o partido investiu para as prévias.
No mundo político, Bolsonaro sanciona a lei do auxílio-gás e TSE inicia os testes de segurança das urnas eletrônicas.
Em Economia, preços dos combustíveis atingem a estabilidade nas bombas, mas ainda está mais alto do que os das refinarias.
Rio vem com os números da vacinação contra a Covid-19, com a aplicação de mais de 12 milhões de doses na capital.
Cultura tem uma crítica do novo álbum de Alceu Valença.

Quer saber primeiro? Leia o Correio da Manhã!