Edição 23.775

Edição 23.775

Abra o link para ler o pdf completo         

Carta ao leitor

Uma das campanhas criadas pelo Correio da Manhã com um selo em seu jornal completa hoje (8) 1000 dias sem esclarecimento: quem mandou matar Jair Bolsonaro?
Candidato à presidência da República, Jair Bolsonaro sofreu, em 2018, um atentado, enquanto fazia campanha em Juiz de Fora. O presidente acredita que Adelio Bispo, autor da facada, foi uma marionete e que há um mandante por trás no crime.
O editorial destaca que o povo brasileiro perdeu a sua liberdade nesta pandemia e que prefeitos e governadores não estão respeitando o artigo 5º da constituição federal.
A Coluna Magnavita vem com os bastidores de um projeto de três juízes para dominar o Rio e uma das cadeiras do STF, que não deu certo.
No mundo político, Bolsonaro indica o ex-presidente do Rio, Marcelo Crivella, para ser embaixador do Brasil na África do Sul e Arthur Lira defende um novo Bolsa Familia.
Em Cultura, longa indiano é a maior aposta no Tribeca 2021 e Sandra Pêra grava um álbum em homenagem ao cantor e compositor Belchior.

Quer saber primeiro? Leia o Correio da Manhã!