Edição 23.556

Edição 23.556

Abra o link para ler o pdf completo     

CARTA DO EDITOR

A manchete desta edição mostra que a falta de saneamento de saneamento básico agrava casos de covid. Pesquisadores colheram amostras de saída de valas de esgotos. Intenção da pesquisa  é avaliar se existe algum tipo de contaminação pelo novo coronavírus.
Coluna de Cláudio Magnavita comenta que o  Ministério Público Federal coloca a lupa na atuação da primeira-dama do  Rio, Helena Witzel, como funcionária do Partido Social Cristão–PSC.
O editorial, A Lei Witzel, antídoto contra a decepção, opina que a eleição de um juiz federal para comandar o segundo maior estado do Brasil, e talvez uma das maiores janelas midiáticas do país, foi comemorado como uma grande vitória da magistratura. Porém, o governo Wilson Witzel pouco se difere da gestão de Pezão e Cabral, afirma o jornal. Setor hoteleiro sugere que Rio descentralize réveillon.
Na coluna Outras Páginas, a OMS, afirma que contágio entre os mais jovens contribui para nova tendência de alta nos casos de coronavírus. Paralelamente, a crise econômica, em meio à pandemia, afeta 62% das  empresas em junho. Ao mesmo tempo, o ministro Paulo Guedes luta pela criação da  nova CPMF.
Outras informações: mais de 50% do pessoal da saúde sem exame; hotelaria do Rio sugere reveillon ‘espalhado’ e Maria Bethânia celebra Rosinha de Valença.
Na coluna Correio Paulista, a Secretaria de Segurança Pública informa que já conta com 585 câmeras corporais, que serão usadas pela Polícia Militar a partir de agosto, dentro do programa Olho Vivo.O Brasil já tem 2,6 milhões de casos do novo coronavírus e mais de 91, 2 mil mortos. Então, vamos nos cuidar, usar máscara, evitar aglomeração...Boa sexta-feira!
Boa leitura!
Fiquem bem!